Advertisement

Ecological Engagement: Promotion of Knowledge Production

  • Júlia Sursis Nobre Ferro Bucher-Maluschke
Chapter

Abstract

Psychology research seeks understanding of human phenomena on the intrapersonal and subjective plane as well as the interpersonal or interactional. Realizing this goal has become the primary challenge for researchers. It is in this vein that we will address ecological engagement as a possible path to knowledge production that is as close as possible to reality.

Keywords

Qualitative research Methodology Ecological engagement 

References

  1. Allport, G. (1942). The use of personal documents in psychological science. New York: Social Science Research Council.Google Scholar
  2. Atkinson, R. (Ed.). (1998). The life story interview. Qualitative research methods series 44. Thousand Oaks, London, New Delhi: Sage.Google Scholar
  3. Becker, H. S. (2007). Segredos e truques da pesquisa. Rio de Janeiro: Zahar Ed.Google Scholar
  4. Bronfenbrenner, I. (1996). A Ecologia do desenvolvimento humano: Experimentos naturais e planejados. Porto Alegre: Artes Médicas.Google Scholar
  5. Bucher-Maluschke, J. S. N. F. (2010). Terapia Familiar e suas possibilidades: reflexões baseadas em um estudo de caso. In L. C. Osório & M. E. P. Valle (Eds.), Manual de Terapia Familiar (Vol. 2). Porto Alegre: Artmed.Google Scholar
  6. Bunge, M. (2002). Dicionário de Filosofia. São Paulo: Perspectivas.Google Scholar
  7. Cecconello, A. M. (2003). Resiliência e Vulnerabilidade em famílias em situação de risco. Tese de Doutorado Inédita. Curso de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.Google Scholar
  8. Cecconello, A. M., & Koller, S. H. (2004). Inserção Ecológica na Comunidade: uma Proposta Metodológica para o Estudo de Famílias em Situação de Risco. In S. Koller (Ed.), Ecologia do Desenvolvimento Humano-Pesquisa e Intervenção no Brasil (pp. 267–291). São Paulo: Casa doPsicólogo.Google Scholar
  9. Cecconello, A. M., & Koller, S. H. (2003). Inserção Ecológica na Comunidade: Uma Proposta Metodológica para o Estudo de Famílias em Situação de Risco. Psicologia: Reflexão e Crítica, 16(3), 515–524.Google Scholar
  10. Denzin, N. K., & Linclon, Y. S. (2006). O Planejamento da Pesquisa Qualitativa. Porto Alegre: Artmed.Google Scholar
  11. Di Nicola, V. (1998). Um estranho na família: Cultura, famílias e terapia. Porto Alegre: Artmed.Google Scholar
  12. Erikson, E. (1958). Young man Luther: A study in psychoanalysis and history. Nova York: Norton.Google Scholar
  13. Erikson, E. (1969). Gandhi’s truth: On the origins of militant nonviolence. New York: Norton.Google Scholar
  14. Freud, S. (1910/1976). Leonardo da Vinci e uma lembrança de sua infância. In Obras Edição Standart Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. 15). Rio de Janeiro: Imago Editora.Google Scholar
  15. Freud, S. (1911/1976). Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de um caso de Paranóia. In Edição Standart Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. 12). Rio de Janeiro: Imago Editora.Google Scholar
  16. Gadamer, H. G. (1989). Truth and method. Nova York: Crossroad.Google Scholar
  17. Mendes, L. S. A., Pontes, F. A. R., Silva, S. S. C., Bucher-Maluschke, J. S. N. F., Reis, D. C., & Silva, S. D. B. (2008). Inserção Ecológica no Contexto de uma Comunidade Ribeirinha Amazônica. Revista Interamericana de Psicologia, 42(1), 1–10.Google Scholar
  18. Paludo, S., & Koller, S. H. (2004) Inserção Ecológica no Espaço da Rua. In S. H. Koller (Org.), Ecologia do Desenvolvimento Humano. Pesquisa e Intervenção no Brasil (pp. 219–244). São Paulo: Casa do Psicólogo.Google Scholar
  19. Potter, W. J. (1996). Na analysis of thinking and research about qualitative methods. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum.Google Scholar
  20. Prati, L., Couto, M. C. P. P., Moura, A., Poletto, M., & Koller, S. H. (2008). Revisando a Inserção Ecológica: Uma Proposta de Sistematização. Psicologia: Reflexão e Crítica, 21(1), 160–169.Google Scholar
  21. Strauss, A., & Corbin, J. (2008). Pesquisa Qualitativa-Técnicas e procedimentos para o desenvolvimento de teoria fundamentada. Artmed: Porto Alegre.Google Scholar
  22. Whyte, W. E. (1981). Street corner society: The social structure of an Italian slum (3rd ed.). Chicago: University of Chicago Press.Google Scholar
  23. Yin, R. K. (2005). Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. Porto Alegre: Artmed e Bookman Companhia Editora.Google Scholar

Copyright information

© Springer Nature Switzerland AG 2019

Authors and Affiliations

  • Júlia Sursis Nobre Ferro Bucher-Maluschke
    • 1
  1. 1.Universidade de BrasíliaBrasíliaBrazil

Personalised recommendations